maio 18, 2020 torabit

Menções constantes favorecem Bolsonaro

Monitoramento Torabit para o Jornal da Cultura 16/05/20

Analisadas exatas 17.456.326 menções sobre Jair Bolsonaro e Sérgio Moro nas principais redes sociais (Twitter, Facebook, Instagram e YouTube) entre o dia da renúncia de Moro (24 de abril) e o dia 14 de maio, fica evidente a presença constante da militância pró-Bolsonaro e a falta de militância em torno de ex-ministro nas redes.

Esta realidade se evidencia desde os dois primeiros dias analisados, 24 e 25 de abril, o dia da saída do Ministério e o dia posterior, quando as menções sobre Moro atingiram picos maiores do que as menções em torno de Bolsonaro. Moro soma 1,6 milhão de posts contra 1,1 milhão a respeito de Bolsonaro.

Nos dias seguintes, no entanto, Bolsonaro manteve seu desempenho tradicional e continua com sua constância, uma média de meio milhão de menções por dia, enquanto Moro registra média de 250 mil menções por dia, a metade de Bolsonaro. Mas as menções a Moro estão em ritmo de queda. Ele começou o período com 733 mil

menções no dia 24 de abril e chegou a 162 mil em 14 de maio. Enquanto isso, a curva de Bolsonaro mantém-se estável.

A militância em torno de Bolsonaro é a responsável pelos picos de sentimento
negativo, e por consequência pico de menções, em torno do nome de Sergio Moro. É possível verificar a ação organizada nos dias de maior sentimento negativo em torno do ex-ministro.

Sobre as ações da militância, registre-se, por exemplo, que em 2 de maio, a militância bolsonarista em peso chamou Moro de “traidor da pátria”, “Judas”, “Traíra” ou “X9”. Ou no dia 5 de maio, quando houve ação orquestrada com a hashtag #desMOROnou.

O dia 25 de abril, um dia após a renúncia de Moro, exibiu o pico de menções negativas para Bolsonaro. Evento semelhante ocorreu em 28 e 29 de abril em repercussão das falas “E daí?” e “Sou Messias, mas não faço milagres” — ambas em referência às mortes no Brasil em decorrência da pandemia.

Nas críticas ao ex-ministro da Justiça, destacam-se, além das ações orquestradas pelos defensores do governo, o fato de seu advogado de defesa ser o mesmo que atuou em favor da Construtora Odebrecht (4 de maio) e o indiciamento pela Polícia

Federal do deputado federal Aécio Neves (PSDB) após a saída de Moro do ministério e o afastamento do delegado Maurício Valeixo da direção geral da PF I(8 de maio).

Mesmo contando com a militância bolsonarista, o presidente da República consegue uma taxa média de menções negativas idêntica à de Moro: ambos com 33% de negatividade. Nas menções positivas fica evidente o fator militância: Bolsonaro soma 26%, na média, contra 21% de Moro. Nas postagens neutras, que reproduzem notícias e não trazem juízo de valor, 41% referiam-se a Bolsonaro e 46% a Moro.

Outro dado de importância considerável é que Sérgio Moro ganha relevância em quantidade de menções nas redes quando há acontecimento midiático grande em relação a ele, como a sua coletiva de saída do Ministério.

Batalha de hashtags

Moro entrou 657 vezes nos assuntos mais comentados (Trend Topics) do Twitter: apenas com o nome Moro: 334 vezes

Moro de Judas: 12 vezes

#MoroX9traidor: 93 vezes

#Morotraidordapatria: 2 vezes

#morotraidor: 25 vezes

#inmorowetrust: 11 vezes

#desMOROnou: 180 vezes

Bolsonaro

Bolsonaro entrou nos trend topics, nesse período, 2.619 vezes, quase quatro vezes mais do que Moro.


As hashtags se distribuíram assim:

#6crimesdoBolsonaro: 63 vezes;

#acaboubolsonarovaza: 73 vezes;

#bolsomnarovcculpado: 23 vezes;

#Bolsonarogenocida: 1 vez;

#Bolsonaroheroi: 187 vezes;

#Bolsonaromoveis: 39 vezes;

#Bolsonaomarmitadocentrão: 61 vezes;

#Bolsonarosdv: 13 vezes;

#Bolsonarovendido: 49 vezes;

#Cadeagravaçãobolsonaro: 66 vezes;

#Churrasco10kdobolsonaro: 25 vezes;

#DireitacomBolsonaro: 226 vezes;

#Direitaraizébolsonaro: 308 vezes;

#Euapoioabolsonaro: 89 vezes;

#Fechadocombolsonaro: 213 vezes;

#Fechadocombolsonaroate2026: 6 vezes;

#Forabolsonaro: 232 vezes;

#Forabolsonarourgente: 4 vezes;

#Mostraafaturabolsonaro: 70 vezes;

#NatrincheiracomBolsonaro: 215 vezes;

#Orepelobolsonaro/ #oreporbolsonaro: 196 vezes;

#Pagabolsonaro: 56 vezes

#QuemmandoumatarBolsonaro: 180 vezes;

#Todosporbolsonao: 224 vezes.

Gostou? Curte e compartilha 😉

comments

A gente encontra o que você precisa.

Contrate já!