As mulheres falam muito mais sobre livros do que os homens. E falam mais à noite. O público procura sorteios literários, sites de vendas de livros, editoras e fanpages de literatura. Entre os termos de maior frequência, o único vendedor online de livros que aparece é a Amazon. Harry Potter é o livro mais falado. 1984, de George Orwell, vem em segundo lugar. O terceiro fica para Crepúsculo. Entre os escritores brasileiros, o de maior influência nas redes é Paulo Coelho. Este levantamento foi feito pelo sistema de monitoramento digital TORABIT entre 1º de julho e 1º de outubro de 2021.

Foram nove milhões de menções nas redes sobre o tema livro durante esses meses nas plataformas Twitter, Facebook, Instagram, YouTube, blogues, sites e portais de notícias.

Foram analisadas todas as redes com as tags “livro” e “livros” com o intuito de responder: Quem é o público leitor? Quais livros mais citados? Quais são os principais assuntos? Quais são os principais influenciadores digitais?

Os livros mais citados são nesta ordem: Harry Potter, 1984, Crepúsculo, Jogos Vorazes, Mindset, O Senhor dos Anéis, O Alquimista, As Crônicas de Narnia, O Hobbit, Dom Casmurro.

Harry Potter: mesmo após duas décadas do lançamento do primeiro livro de Harry Potter por J.K. Rowling, a saga se mostra ainda o grande bestseller mundial. Responsável por introduzir milhões de crianças à literatura, o livro é discutido diariamente por milhares de fãs na internet, que fazem piadas, discutem e dão opiniões sobre a saga.

1984: Não é por acaso que a obra de George Orwell é uma das mais citadas, pois além de entrar em domínio público (quem quiser publicar a obra do escritor britânico não precisará mais pagar direitos autorais), ela retrata uma distopia autoritária, fazendo com que muitos internautas liguem o livro ao cenário político atual (tanto opositores como apoiadores do governo federal).

Categorias Literárias

Aqui procurou-se analisar quais são as categorias literárias mais mencionadas. Nota-se que a categoria Profissionais possui alto volume de menções, graças ao debate político em relação a livros de (ou sobre) figuras públicas, como Alexandre de Moraes, Fernando Haddad e Lula, entre outros.

A categoria Literatura Infantojuvenil também se destaca graças a Harry Potter e livros do segmento, como Crepúsculo, Jogos Vorazes e as Crônicas de Nárnia.

Poesia é algo muito compartilhado na internet, assim como menções de livros sobre religião e esoterismo.

Os autores que mais aparecem são: J. R. R. Tolkien, José Saramago, Paulo Coelho, Chico Xavier, Monteiro Lobato, Leandro Karnal,Gabriel García Márquez,Jorge Amado, Guimarães Rosa e Mário Sergio Cortella.

Influenciadores com mais seguidores

A maioria dos influenciadores presentes nas redes divulga seus livros ou hábitos de leituras nas redes sociais, como Whindersson Nunes, Marcos Mion e Luciano Huck.

Paulo Coelho é o escritor brasileiro com maior influência com seu perfil nas redes. Ele não fala somente de seus livros, mas discute sobre literatura, artes e política em geral.

Vale destacar o perfil de Felipe Neto. Faz muitas postagens no Twitter falando sobre livros que lê e discute sua percepção literária com seus seguidores gerando um debate na rede. 

G1 e Globo são os portais de notícia que aparecem em destaque, seja divulgando livros ou seja com menções de livros em reportagens. 

compartilhe:
Torabit

Publicado no dia 26 de outubro de 2021