Julgamento de Lula nas redes sociais

Estudo feito a pedido do Jornal O Globo

Assim que se encerrou o julgamento do ex-presidente Lula, encerrou-se também o monitoramento que o Torabit fez durante o dia 24 de janeiro em volta do julgamento. Foram 143.436 mil menções sobre o julgamento nas redes sociais até as 18h.

As redes apontaram 36% de menções negativas e 21,8% de apoio ao ex-presidente. 42,2% das menções foram neutras, em sua maioria de compartilhamento de notícias sem juízo de valor.

Os cinco estados que mais postaram sobre o termo foram: SP com 24,5%, RJ com 19,2%, MG com 9,6%, RS com 6,2% e DF com 4,5%.

Das mais de 140 mil menções analisadas os homens participaram mais que as mulheres: 65% x 36%.

Nuvem de termos
As palavras que tiveram maior frequência junto ao tema nestas dez horas de monitoramento foram “julgamento” e “Gebran” (desembargador que falou por mais de 3 horas no julgamento), conforme mostra a nuvem abaixo. O tamanho da palavra é proporcional à sua frequência no universo pesquisado.
Grafo de conexões
O assunto foi discutido nas redes por pessoas de todos os tipos e não ficou restrito só à militância, como mostra o grafo abaixo. Cada pontinho é uma pessoa que falou sobre o tema. Em momentos políticos, é comum ver este grafo polarizado, claramente dividido entre dois lados. Diferente, este demonstra o quão descentralizado foi o movimento em torno do julgamento do ex-presidente.

Crescendo

Lula chegou aos 3.110.000 mil fãs no Facebook exatamente às 18 horas de hoje (24/1), ou seja, vai ganhar mais de nove mil fãs em único dia uma vez que estava com 101 mil fãs na terça-feira (23/1).

No mundo

A hashtag #TRF4 ficou em primeiro lugar no ranking de assuntos mais falados do Twitter Mundo das 11h até às 13h.
A hashtag #Molusconacadeia ficou em primeiro lugar no ranking de assuntos mais falados do Twitter Mundo às 14h, 15h, 17h e 18h
Excetuando-se os perfis de mídia no Twitter, quem mais alcançou seguidores com um post sobre o tema foi o da ex-presidente argentina com alcance potencial de mais de 5 milhões de pessoas.
“Cristina Kirchner @CFKArgentina
5349110 seguidores
Acompañamos a Lula y al pueblo de Brasil. #JusticiaPorLula @LulapeloBrasil https://t.co/Y”
Gostou? Curte e compartilha 😉

Estadão retoma a ponta; Zero Hora muda o perfil

O Estadão retomou a liderança do ranking de engajamento nas redes sociais no mês de setembro. Com taxa média diária de 3,31%, deixou o Zero Hora (agora rebatizado de GauchaZH) em segundo lugar, com 2,83%. O Globo fechou o pódio, em terceiro, com 1,91% na taxa média que apura o acontecido no Facebook, no Twitter e no Instagram.

A novidade no mês ficou por conta da mudança de nome nos perfis do Zero Hora, que virou GauchaZH. Por conta dessa união entre o antigo ZH e a radio Gaúcha, a sua base de fãs no Facebook saltou 15% no mês enquanto o crescimento médio das bases dos demais veículos foi de 0,4%. Zero Hora, portanto, fechou o mês de setembro com um total de 2.592.664 fãs contra 2.248.067 em agosto.

Outro movimento atípico no mês foi a queda do UOL do terceiro para o sétimo lugar. O portal fechou setembro com taxa média de 1,35% .

No geral, o veículo que mais cresceu a sua taxa média de engajamento foi a Veja, com resultado 32% maior do que em agosto. O R7 e a Época também tiveram crescimento expressivo; ambos em torno de 22% de crescimento.

Em relação a cada rede, as maiores taxas de engajamento são as seguintes: no Facebook o Estadão se saiu melhor (2,79% de engajamento). No Twitter, o UOL segue na liderança com taxa de 0,40%. No Instagram, o Estadão está na frente com taxa de 6,88%.

Em quantidade de seguidores nas plataformas, o R7 continua líder absoluto com 13,3 milhões de fãs no Facebook, seguido pelo UOL com 8 milhões.

No Twitter, a liderança é da Veja, com mais de 8 milhões de seguidores, seguida pela Folha, com 6 milhões.

No Instagram, o líder também é o R7, com 1,9 milhão de seguidores, acompanhado em segundo lugar por O Globo, com 834 mil seguidores.

Gostou? Curte e compartilha 😉

Maioria dos veículos de mídia online perde engajamento em agosto

Oito entre os doze veículos online analisados em agosto de 2017 tiveram queda na taxa média diária de engajamento nas redes sociais. Dois deles mantiveram a mesma taxa: Estadão e IstoÉ. Somente dois conseguiram aumentar sua taxa: o Valor Econômico, que cresceu 17,65%, e o portal Terra, que ganhou 5,13% na taxa. Na parte das quedas, o campeão foi o UOL: perdeu 15,3%, seguido por Veja, com queda de 14,19%.

O gaúcho Zero Hora manteve a liderança na taxa média de engajamento diário nas redes sociais, com marca de 3,37%, quase um por cento abaixo da taxa conseguida no mês anterior.

O Estadão, com 3,05%, a mesma taxa do mês anterior, manteve-se estável tanto em segundo lugar quanto na taxa média, a mesma de julho.O terceiro lugar continua com o UOL, na base de 2,17% de taxa média.

Em relação a cada rede, as maiores taxas de engajamento são as seguintes: no Facebook o UOL continua engajando mais, com 4,84% de taxa. No Twitter, o UOL também lidera, com taxa de 0,44%. No Instagram é o Zero Hora, com 7,78%.Como de praxe, tem sido o bom desempenho no Instagram que mantém o Zero Hora em primeiro lugar, com taxa média de 8,10% em agosto.

Em quantidade de seguidores nas plataformas, o R7 continua líder absoluto com 13,2 milhões de fãs no Facebook, seguido pelo UOL com 7,8 milhões. No Twitter, a liderança é da Veja, com mais de 7,9 milhões de seguidores, seguida pela Folha, com mais de 5,9 milhões.

No Instagram, o líder também é o R7, com 1,8 milhão de seguidores, acompanhado em segundo lugar por O Globo, com quase 820 mil seguidores.

Outro dado a notar em agosto é o do crescimento do UOL no Facebook. Foi quem mais cresceu na plataforma em número absoluto (+77.127 mil fãs) e também em número percentual (quase 1%).

Gostou? Curte e compartilha 😉

Zero Hora garante liderança, UOL retoma o terceiro lugar

O gaúcho Zero Hora segue na frente dos seus concorrentes na taxa média de engajamento diário nas redes sociais em julho de 2017, com marca de 3,40%. O Estadão, com 3,05%, manteve-se em segundo lugar. Uma mudança importante, no entanto, veio na disputa pelo terceiro lugar. O UOL abriu o ano em terceiro, mas perdeu o posto para a Exame em fevereiro e, agora em julho, retomou o terceiro posto com taxa média diária de engajamento de 2,56%. A Exame ficou em quarto lugar, com 1,96% na taxa média.

Outra movimentação se deu no quinto lugar, assumido por O Globo (1,75% na
taxa média) ao ultrapassar a Folha (1,68% na taxa média). Entre os doze veículos pesquisados pelo Torabit, foi o UOL quem mais fez crescer a sua taxa de engajamento, com ganho de 24,27% de junho para julho.

Na outra ponta, quem mais perdeu tração na taxa de engajamento foi a Época, com queda de 22,41% na taxa média em um único mês. Em relação a cada rede, as maiores taxas de engajamento são as seguintes: no Facebook quem mais engaja é o UOL, com 5,76% de taxa. No Twitter, o UOL repete a façanha, com taxa de 0,51%. No Instagram é o Zero Hora, com 7,78%. Como costuma acontecer, tem sido o bom desempenho no Instagram que manteve o Zero Hora em primeiro lugar, com taxa média de 7,73%.

Em quantidade de seguidores nas plataformas, o R7 continua líder absoluto com 13,2 milhões de fãs no Facebook, seguido pelo UOL com 7,8 milhões.

No Twitter, a liderança é da Veja, com quase 7,9 milhões de seguidores, seguida pela Folha, com 5,9 milhões.

No Instagram, o líder também é o R7, com 1,8 milhão de seguidores, acompanhado em segundo lugar, de longe, por O Globo, com 802 mil seguidores.

Gostou? Curte e compartilha 😉

O Globo salta no número de fãs; ZH segue líder no engajamento

Com mais de 140 mil fãs conquistados, na sua maioria entre os dias 18 e 19 de maio, quando deu o furo sobre a delação premiada de Joesley Batista, o veículo online carioca O Globo fez história no mês de maio. Não conseguiu a liderança na taxa de média de engajamento, que continua com o gaúcho Zero Hora, mas liderou o crescimento na rede Facebook. Também conquistou mais de 71 mil seguidores no Twitter e quase 25 mil no Instagram.

O segundo veículo a conquistar mais fãs no Facebook foi o UOL (+91 mil). No Twitter, o maior crescimento foi o da Folha de S. Paulo (+78 mil) e no Instagram foi o R7 (+28 mil).

No entanto, com 3,34% na média da taxa diária de engajamento nas redes sociais, o Zero Hora continua à frente no quesito engajamento no mês de maio entre os doze veículos monitorados pelo Torabit. Continua sendo seguido de perto pelo paulistano Estadão, que fechou maio com 3,23%.

O terceiro lugar segue com a revista online Exame com seus 2,60% de taxa de engajamento.

Como das outras vezes, foi o bom desempenho no Instagram que manteve tanto o Zero Hora quanto o Estadão nos dois primeiros lugares. A taxa média diária do gaúcho nesta rede foi de 8,03% e do Estadão de 6,56%.

Como no mês anterior, na média do mês, o veículo que mais fez crescer sua taxa de engajamento foi a Folha, com salto de 46,15% no resultado em relação a abril, mas insuficiente ainda para passar os concorrentes.

Quem mais perdeu consistência na taxa foi a revista online Veja, com queda de 10,06%, seguido pelo R7, com queda de 2,70%. Todos os outros conseguiram crescer percentualmente em ralação a abril.

No Facebook, a campeã continua sendo a revista Exame, com taxa de 6,20%.

No Twitter, o melhor desempenho segue com o UOL, com taxa de 0,55%.

No Instagram, como dito acima, o destaque é o Zero Hora.

Gostou? Curte e compartilha 😉

Zero Hora continua na frente; Estadão retoma segundo lugar

Com 3,31% na média da taxa diária de engajamento nas redes sociais, o gaúcho Zero Hora continua à frente nas redes sociais no mês de abril de 2017 entre os doze veículos monitorados pelo Torabit.

A Exame, que conquistou o segundo posto no mês passado, viu o Estadão retomar o segundo lugar com 2,80% de taxa média enquanto a Exame ficou em terceiro com 2,39%. Dessa forma, a disputa pelo primeiro lugar na preferência dos usuários retoma aformação original que já dura mais de ano: Estadão x Zero Hora.

Exatamente como das outras vezes, foi o bom desempenho no Instagram que o puxou o Zero Hora para o primeiro lugar – a taxa média diária nesta rede foi de 7,44%, dois pontos percentuais à frente do Estadão, segundo colocado no Instagram com 5,44% de taxa média em abril.

O veículo que mais fez crescer sua taxa de engajamento foi a Folha, com 16,26% de crescimento na taxa de março para abril. Zero Hora foi o segundo neste quesito, com crescimento de 12,20%. Quem mais perdeu consistência na taxa foi o Terra, com queda de 48,21%, seguido pelo R7, com queda de 38,33%

No Facebook, a campeã continua sendo a Exame, com taxa de 6,09%.

No Twitter, o melhor desempenho continua sendo o do UOL, com taxa de 0,32%.

No Instagram, como dito acima, o destaque continua com o Zero Hora.

Gostou? Curte e compartilha 😉

Zero Hora mantém a liderança; Exame conquista o segundo lugar

Com 2,95% na média da taxa diária de engajamento nas redes sociais, o gaúcho Zero Hora manteve sua liderança no mês de março de 2017 entre os doze veículos monitorados pelo Torabit.

A surpresa ficou por conta da Exame, que conquistou o segundo posto, com 2,91%, um pouco acima do Estadão (2,74%).

Até o mês passado, havia mais de 12 meses, era o Estadão que vinha dividindo a liderança com Zero Hora.

Como de costume, foi o bom desempenho no Instagram que o puxou o Zero Hora para o primeiro lugar – a taxa média diária nesta rede foi de 6,12%, a maior entre os pesquisados.

Embora com desempenho fraco no Instagram (0,88%), Exame apresentou uma excelente taxa média no Facebook, 7,77%, a maior entre os doze, Exame já havia surpreendido no mês anterior ao conquistar o terceiro lugar.

Mas o veículo que mais fez crescer sua taxa de engajamento, apesar de não ter página no Instagram, foi o Valor. Fez subir em mais de 82% sua taxa de fevereiro para março. A taxa média mensal pulou de 0,17% para 0,31%.

O segundo que mais cresceu foi o UOL com desempenho quase 38% maior de fevereiro para março. Veio de 1,32% para 1,82%.

Quem mais teve queda na taxa foi a Folha, que caiu de 1,89% para 1,23%, perdendo quase 35% na taxa média mensal.

Se a Exame foi a campeã no Facebook, o melhor desempenho no Twitter foi o do UOL, com 0,55% de taxa média.

No Instagram, o destaque fica para o Zero Hora, com 6,12%.

Gostou? Curte e compartilha 😉

Zero Hora retoma a ponta nas redes; Exame surpreende em terceiro lugar

O gaúcho Zero Hora retomou a liderança na média da taxa diária de engajamento nas redes sociais em fevereiro de 2017.

Com 3,19% de média no mês, depois de subir 8% no mês, o Zero Hora empurrou o Estadão para o segundo lugar, com média de 3,06% no mês e queda de 2%.

Como de hábito, foi o desempenho no Instagram que o puxou o Zero Hora para o primeiro lugar – a taxa média diária nesta rede foi de 6,10%.

A novidade ficou por conta da revista Exame, que estreou no ranking em janeiro e surpreendeu fechando fevereiro em terceiro lugar, com 2,90% de média.

Exame foi também o veículo que mais ganhou ações de engajamento no mês e apresentou um salto 110% de janeiro para fevereiro.

O veículo que mais perdeu engajamento entre janeiro e fevereiro foi o UOL, com queda de 43%.

No Facebook, a Exame foi a campeã, com 7,66% de taxa média diária.

No Twitter, o UOL manteve a liderança, com 0,39%.

No Instagram quem mais de destaca é o Zero Hora, com 6,10%.

Gostou? Curte e compartilha 😉

Estadão abre o ano na frente na taxa de engajamento do Torabit

O Estadão sai na frente entre os principais veículos online brasileiros na taxa de engajamento nas redes sociais em janeiro de 2017.

Com 3,13% de média diária no mês, mesmo tendo caído 3%, na média, em relação a dezembro do ano passado, o Estadão conquistou a ponta, que estava com o Zero Hora no último mês do ano passado. Novamente, foi o desempenho no Instagram que o puxou para o primeiro lugar.

Em segundo lugar ficou o Zero Hora, com 2,96% na taxa média diária.

Em terceiro lugar, com 2,30%, o UOL mantém desempenho acima no Facebook e no Twitter, mas bastante atrás no Instagram, o que puxa sua taxa média mensal para baixo.

A novidade do mês é a inclusão da Exame no ranking mensal. O levantamento mensal realizado pelo Torabit agora passa a contar com doze publicações.

Exame entra no ranking em oitavo lugar, com 1,38% de taxa média de engajamento. Ela está presente no Facebook (3,44% de engajamento), no Twitter (0,07% e no Instagram (0,63%).

O veículo que mais ganhou ações de engajamento de dezembro para janeiro foi o Valor, com crescimento de 8%.

O veículo que mais caiu no engajamento entre dezembro e janeiro foi a Época, com que de 44%.

No Facebook, o UOL continua o campeão no engajamento, com 5,46% de taxa média diária.

No Twitter, o UOL também lidera, com 0,37%.

No Instagram quem mais de destaca é o campeão da taxa média, Estadão, com 6,53%.

Gostou? Curte e compartilha 😉

Zero Hora é o campeão em 2016; O Globo cresce mais em dezembro

Com taxa média diária de 3,38% de engajamento nas três principais redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), o veículo online gaúcho Zero Hora fechou o ano de 2016 na frente dos seus concorrentes e, ainda, com a maior quantidade de conquistas mensais: seis contra cinco do Estadão.

O Estadão fechou o ano em segundo lugar. Ficou cinco meses na frente e atingiu 3,22% na taxa média em dezembro. A disputa entre Zero Hora e Estadão foi bastante competitiva desde o primeiro mês de 2016. Em setembro, ambos empataram na taxa média. Em dezembro, o Zero Hora manteve a liderança e fechou a conta.

A reação do Zero Hora deu-se a partir do mês de outubro sustentada em especial para as taxas diárias no Instagram, fator de desequilíbrio contra todos os seus concorrentes em geral embora um pouco abaixo do Estadão em dezembro.

Há mais novidades em dezembro: O Globo foi o veículo online que mais cresceu no mês, 23%, também com investimento nos trabalhos no Instagram.

Outra conquista notável foi o segundo lugar do UOL na quantidade de fãs no Facebook. O decano na internet brasileira atingiu a barreira dos 7 milhões de fãs, ultrapassando a Veja e assegurando o segundo posto atrás do R7, firme na liderança com quase 13 milhões de fãs.

No Twitter, Veja continua a campeã de seguidores com 7,4 milhões.

No Instagram, a liderança é do R7, com 1,6 milhão de seguidores.

Em relação à taxa de engajamento em cada rede, continua chamando a atenção o desempenho do UOL tanto no Facebook quanto no Twitter onde é o primeiro com 5,97% e 0,38% respectivamente.

No Instagram, o Estadão fechou o ano na frente com 6,11% de taxa média diária.

Gostou? Curte e compartilha 😉

A gente encontra o que você precisa.

Contrate já!