Estadão retoma a ponta; Zero Hora muda o perfil

O Estadão retomou a liderança do ranking de engajamento nas redes sociais no mês de setembro. Com taxa média diária de 3,31%, deixou o Zero Hora (agora rebatizado de GauchaZH) em segundo lugar, com 2,83%. O Globo fechou o pódio, em terceiro, com 1,91% na taxa média que apura o acontecido no Facebook, no Twitter e no Instagram.

A novidade no mês ficou por conta da mudança de nome nos perfis do Zero Hora, que virou GauchaZH. Por conta dessa união entre o antigo ZH e a radio Gaúcha, a sua base de fãs no Facebook saltou 15% no mês enquanto o crescimento médio das bases dos demais veículos foi de 0,4%. Zero Hora, portanto, fechou o mês de setembro com um total de 2.592.664 fãs contra 2.248.067 em agosto.

Outro movimento atípico no mês foi a queda do UOL do terceiro para o sétimo lugar. O portal fechou setembro com taxa média de 1,35% .

No geral, o veículo que mais cresceu a sua taxa média de engajamento foi a Veja, com resultado 32% maior do que em agosto. O R7 e a Época também tiveram crescimento expressivo; ambos em torno de 22% de crescimento.

Em relação a cada rede, as maiores taxas de engajamento são as seguintes: no Facebook o Estadão se saiu melhor (2,79% de engajamento). No Twitter, o UOL segue na liderança com taxa de 0,40%. No Instagram, o Estadão está na frente com taxa de 6,88%.

Em quantidade de seguidores nas plataformas, o R7 continua líder absoluto com 13,3 milhões de fãs no Facebook, seguido pelo UOL com 8 milhões.

No Twitter, a liderança é da Veja, com mais de 8 milhões de seguidores, seguida pela Folha, com 6 milhões.

No Instagram, o líder também é o R7, com 1,9 milhão de seguidores, acompanhado em segundo lugar por O Globo, com 834 mil seguidores.

Gostou? Curte e compartilha 😉

Maioria dos veículos de mídia online perde engajamento em agosto

Oito entre os doze veículos online analisados em agosto de 2017 tiveram queda na taxa média diária de engajamento nas redes sociais. Dois deles mantiveram a mesma taxa: Estadão e IstoÉ. Somente dois conseguiram aumentar sua taxa: o Valor Econômico, que cresceu 17,65%, e o portal Terra, que ganhou 5,13% na taxa. Na parte das quedas, o campeão foi o UOL: perdeu 15,3%, seguido por Veja, com queda de 14,19%.

O gaúcho Zero Hora manteve a liderança na taxa média de engajamento diário nas redes sociais, com marca de 3,37%, quase um por cento abaixo da taxa conseguida no mês anterior.

O Estadão, com 3,05%, a mesma taxa do mês anterior, manteve-se estável tanto em segundo lugar quanto na taxa média, a mesma de julho.O terceiro lugar continua com o UOL, na base de 2,17% de taxa média.

Em relação a cada rede, as maiores taxas de engajamento são as seguintes: no Facebook o UOL continua engajando mais, com 4,84% de taxa. No Twitter, o UOL também lidera, com taxa de 0,44%. No Instagram é o Zero Hora, com 7,78%.Como de praxe, tem sido o bom desempenho no Instagram que mantém o Zero Hora em primeiro lugar, com taxa média de 8,10% em agosto.

Em quantidade de seguidores nas plataformas, o R7 continua líder absoluto com 13,2 milhões de fãs no Facebook, seguido pelo UOL com 7,8 milhões. No Twitter, a liderança é da Veja, com mais de 7,9 milhões de seguidores, seguida pela Folha, com mais de 5,9 milhões.

No Instagram, o líder também é o R7, com 1,8 milhão de seguidores, acompanhado em segundo lugar por O Globo, com quase 820 mil seguidores.

Outro dado a notar em agosto é o do crescimento do UOL no Facebook. Foi quem mais cresceu na plataforma em número absoluto (+77.127 mil fãs) e também em número percentual (quase 1%).

Gostou? Curte e compartilha 😉

Zero Hora garante liderança, UOL retoma o terceiro lugar

O gaúcho Zero Hora segue na frente dos seus concorrentes na taxa média de engajamento diário nas redes sociais em julho de 2017, com marca de 3,40%. O Estadão, com 3,05%, manteve-se em segundo lugar. Uma mudança importante, no entanto, veio na disputa pelo terceiro lugar. O UOL abriu o ano em terceiro, mas perdeu o posto para a Exame em fevereiro e, agora em julho, retomou o terceiro posto com taxa média diária de engajamento de 2,56%. A Exame ficou em quarto lugar, com 1,96% na taxa média.

Outra movimentação se deu no quinto lugar, assumido por O Globo (1,75% na
taxa média) ao ultrapassar a Folha (1,68% na taxa média). Entre os doze veículos pesquisados pelo Torabit, foi o UOL quem mais fez crescer a sua taxa de engajamento, com ganho de 24,27% de junho para julho.

Na outra ponta, quem mais perdeu tração na taxa de engajamento foi a Época, com queda de 22,41% na taxa média em um único mês. Em relação a cada rede, as maiores taxas de engajamento são as seguintes: no Facebook quem mais engaja é o UOL, com 5,76% de taxa. No Twitter, o UOL repete a façanha, com taxa de 0,51%. No Instagram é o Zero Hora, com 7,78%. Como costuma acontecer, tem sido o bom desempenho no Instagram que manteve o Zero Hora em primeiro lugar, com taxa média de 7,73%.

Em quantidade de seguidores nas plataformas, o R7 continua líder absoluto com 13,2 milhões de fãs no Facebook, seguido pelo UOL com 7,8 milhões.

No Twitter, a liderança é da Veja, com quase 7,9 milhões de seguidores, seguida pela Folha, com 5,9 milhões.

No Instagram, o líder também é o R7, com 1,8 milhão de seguidores, acompanhado em segundo lugar, de longe, por O Globo, com 802 mil seguidores.

Gostou? Curte e compartilha 😉

Zero Hora retoma a ponta nas redes; Exame surpreende em terceiro lugar

O gaúcho Zero Hora retomou a liderança na média da taxa diária de engajamento nas redes sociais em fevereiro de 2017.

Com 3,19% de média no mês, depois de subir 8% no mês, o Zero Hora empurrou o Estadão para o segundo lugar, com média de 3,06% no mês e queda de 2%.

Como de hábito, foi o desempenho no Instagram que o puxou o Zero Hora para o primeiro lugar – a taxa média diária nesta rede foi de 6,10%.

A novidade ficou por conta da revista Exame, que estreou no ranking em janeiro e surpreendeu fechando fevereiro em terceiro lugar, com 2,90% de média.

Exame foi também o veículo que mais ganhou ações de engajamento no mês e apresentou um salto 110% de janeiro para fevereiro.

O veículo que mais perdeu engajamento entre janeiro e fevereiro foi o UOL, com queda de 43%.

No Facebook, a Exame foi a campeã, com 7,66% de taxa média diária.

No Twitter, o UOL manteve a liderança, com 0,39%.

No Instagram quem mais de destaca é o Zero Hora, com 6,10%.

Gostou? Curte e compartilha 😉

Estadão abre o ano na frente na taxa de engajamento do Torabit

O Estadão sai na frente entre os principais veículos online brasileiros na taxa de engajamento nas redes sociais em janeiro de 2017.

Com 3,13% de média diária no mês, mesmo tendo caído 3%, na média, em relação a dezembro do ano passado, o Estadão conquistou a ponta, que estava com o Zero Hora no último mês do ano passado. Novamente, foi o desempenho no Instagram que o puxou para o primeiro lugar.

Em segundo lugar ficou o Zero Hora, com 2,96% na taxa média diária.

Em terceiro lugar, com 2,30%, o UOL mantém desempenho acima no Facebook e no Twitter, mas bastante atrás no Instagram, o que puxa sua taxa média mensal para baixo.

A novidade do mês é a inclusão da Exame no ranking mensal. O levantamento mensal realizado pelo Torabit agora passa a contar com doze publicações.

Exame entra no ranking em oitavo lugar, com 1,38% de taxa média de engajamento. Ela está presente no Facebook (3,44% de engajamento), no Twitter (0,07% e no Instagram (0,63%).

O veículo que mais ganhou ações de engajamento de dezembro para janeiro foi o Valor, com crescimento de 8%.

O veículo que mais caiu no engajamento entre dezembro e janeiro foi a Época, com que de 44%.

No Facebook, o UOL continua o campeão no engajamento, com 5,46% de taxa média diária.

No Twitter, o UOL também lidera, com 0,37%.

No Instagram quem mais de destaca é o campeão da taxa média, Estadão, com 6,53%.

Gostou? Curte e compartilha 😉

Zero Hora é o campeão em 2016; O Globo cresce mais em dezembro

Com taxa média diária de 3,38% de engajamento nas três principais redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), o veículo online gaúcho Zero Hora fechou o ano de 2016 na frente dos seus concorrentes e, ainda, com a maior quantidade de conquistas mensais: seis contra cinco do Estadão.

O Estadão fechou o ano em segundo lugar. Ficou cinco meses na frente e atingiu 3,22% na taxa média em dezembro. A disputa entre Zero Hora e Estadão foi bastante competitiva desde o primeiro mês de 2016. Em setembro, ambos empataram na taxa média. Em dezembro, o Zero Hora manteve a liderança e fechou a conta.

A reação do Zero Hora deu-se a partir do mês de outubro sustentada em especial para as taxas diárias no Instagram, fator de desequilíbrio contra todos os seus concorrentes em geral embora um pouco abaixo do Estadão em dezembro.

Há mais novidades em dezembro: O Globo foi o veículo online que mais cresceu no mês, 23%, também com investimento nos trabalhos no Instagram.

Outra conquista notável foi o segundo lugar do UOL na quantidade de fãs no Facebook. O decano na internet brasileira atingiu a barreira dos 7 milhões de fãs, ultrapassando a Veja e assegurando o segundo posto atrás do R7, firme na liderança com quase 13 milhões de fãs.

No Twitter, Veja continua a campeã de seguidores com 7,4 milhões.

No Instagram, a liderança é do R7, com 1,6 milhão de seguidores.

Em relação à taxa de engajamento em cada rede, continua chamando a atenção o desempenho do UOL tanto no Facebook quanto no Twitter onde é o primeiro com 5,97% e 0,38% respectivamente.

No Instagram, o Estadão fechou o ano na frente com 6,11% de taxa média diária.

Gostou? Curte e compartilha 😉

Zero Hora segura a ponta do engajamento nas redes sociais

Com 3,94% na taxa média diária de engajamento nas redes Facebook, Instagram e Twitter, o gaúcho Zero Hora segurou a liderança no mês de novembro.

O Estadão manteve o segundo lugar, com 2,80% na taxa média diária, enquanto o UOL também repetiu o terceiro lugar, com 2,39%. Tanto Zero Hora quanto o Estadão garantiram os dois primeiros lugares com a ajuda do Instagram, onde alcançaram taxa média diária na ordem de 8,01% e 5,19%, respectivamente, o que “puxou” a taxa média geral de ambos para cima.

A disputa entre Zero Hora e Estadão tem sido ferrenha desde o início do ano. Em dez meses, Estadão esteve à frente cinco vezes e Zero Hora idem. Houve empate em setembro. Falta um mês para ver se algum deles se sairá melhor neste ano no trabalho diário de engajamento de seus leitorados nas redes sociais.

Entre os onze veículos online pesquisados, o que mais cresceu no mês de novembro em relação a outubro foi O Globo, com um impulso de 66% a mais na taxa. Mas a sua taxa diária média de 1,23% o coloca na oitava posição do ranking. Garantiram boas taxas de crescimento no mês também os veículos Folha (37%), R7 (27%) e Veja (23%). Só quatro veículos caíram na comparação entre novembro e outubro: Zero Hora e Estadão (ambos perderam 1%) e Valor e Época com quedas de 7% e 2%, respectivamente. Em se tratando da quantidade de fãs e seguidores, a situação do líder segue inalterada com o R7 bem à frente de seus competidores, com 12,7 milhões de fãs no Facebook . Veja mantém o segundo lugar com 6.878.011 fãs registrados em novembro. No entanto, vem sendo ameaçada pelo UOL, que finalizou o mês com 6.855.161 fãs no Facebook. No Twitter, Veja segue a campeã de seguidores com 7,4 milhões. No Instagram, a liderança também é do R7, com 1,6 milhão de seguidores. Em relação à taxa de engajamento em cada rede, chama a atenção o desempenho do UOL no Facebook e no Twitter onde é o primeiro com 5,47% e 0,37% respectivamente. No Instagram, o Zero Hora segue na frente.

info-veiculos-novembro

Gostou? Curte e compartilha 😉

Passada a “turbulência” do Ovomaltine, Giraffas retoma a liderança no engajamento

A rede brasileira de fast food Giraffas retomou a liderança no engajamento de seus usuários nas suas redes sociais em outubro, conforme monitoramento realizado mensalmente pelo Torabit.

A média diária da taxa de engajamento da Giraffas (computados Facebook e Twitter) foi de 0,25%, bem à frente do segundo colocado, o McDonald’s, com 0,16%. Passado o turbilhão ocorrido em setembro, quando a rede americana Bob’s conseguiu um uma taxa diária média inédita de 0,85%, os concorrentes retomaram os níveis históricos que vinham obtendo.

A turbulência em setembro, no entanto, veio mostrar o quanto as redes são sensíveis às batalhas travadas pelas marcas nas redes. O fato do McDonald’s ter obtido o direito de propagar a marca Ovomaltine para seu milk-shake, como já fazia o Bob’s, provocou uma saudável troca de mensagens e posts entre as marcas e os usuários. Isto alimentou, principalmente, o engajamento dos usuários do Bob’s. A taxa média diária subiu de 0,01% em agosto para 0,87% em setembro, num aumento de 87 vezes.

O Bob’s conseguiu reter parte deste engajamento em outubro e marcou o terceiro lugar, com 0,09%, empatado com o Burger King. Quando examinado somente o Twitter, no entanto, o campeão é o McDonald’s, com0,19% de média diária. Mas a Giraffas sustenta sua posição de liderança por atingir 0,45% no Facebook, uma boa dianteira frente às demais cadeias de fast food.

Sobre a abrangência das taxas aqui reveladas, conforme tabela do Social Bakers, no Facebook a taxa média de engajamento para páginas acima de 1 milhão de fãs é de 0,28%. No Twitter, ela é 0,19% para perfis entre 100 mil e 500 mil seguidores.

Com 67,3 milhões de seguidores no Facebook e mais de 422 mil no Twitter, o McDonald’s é a presença digital com maior audiência nas duas redes monitoradas pelo Torabit.

 

info-fast-food-102016-1

Gostou? Curte e compartilha 😉

Estadão e Zero Hora empatam na taxa de engajamento; IstoÉ é a única a crescer no mês

Ambos com 2,71% de média, o Estadão e o Zero Hora conquistaram o topo da taxa de engajamento diária nas redes sociais medida pelo Torabit em setembro, um mês depois das Olimpíadas. Dos onze veículos online pesquisados somente um único teve aumento na taxa de engajamento no mês, a IstoÉ, que veio de 1,03% em agosto para  1,15%  em setembro, num crescimento percentual de 12%.

No mesmo período, a maior queda foi a da Folha, com perda de 51% na sua taxa. A queda média entre os veículos que perderam engajamento foi de 27%.

Nas diferentes redes monitoradas, o Estadão se saiu melhor do que o Zero Hora tanto no Twitter (0,29%) quanto no Instagram (4,91%), conforme se vê no infográfico. O Zero Hora conseguiu o empate com 3,21% de taxa de engajamento no Facebook contra 2,93% do Estadão.

Novamente, foram os resultados no Instagram que puxaram os índices médios do Estadão e do Zero Hora.

No Facebook e no Twitter, no entanto, o campeão foi o UOL, com respectivamente 5,23% e 0,32% de taxa de engajamento.

No ranking de fãs, o R7 segue longe na frente no Facebook, com 12,5 milhões de fãs. Veja continua a primeira no Twitter com 7,3 milhões de seguidores e o R7 segue também o primeiro no Instagram com 1,5 milhão de seguidores.

info-veiculos-setembro

 

Gostou? Curte e compartilha 😉

Estadão volta ao topo na taxa de engajamento nas redes

Com, 3,95% de média, o Estadão reconquistou o topo da taxa de engajamento nas redes sociais medida pelo Torabit em agosto, mês das Olimpíadas.

Zero Hora, com 3,13%, ficou em segundo lugar.

A Folha assumiu o terceiro posto com 2,94%.

Chama a atenção neste mês de agosto alguns resultados do engajamento específico em cada rede.

No Facebook e no Twitter o campeão foi o UOL, com 6,46% e 0,45%, respectivamente.

No Instagram foi o Estadão, com 7,66% – média responsável pela sua “puxada “ao topo da média.

O veículo que mais ganhou engajamento em relação ao mês anterior foi a Veja, com taxa de 325% de crescimento – mas isso se deveu basicamente à inclusão no índice da taxa de engajamento do Instagram da Veja, que passou a ser acompanhado pelo Torabit em agosto.

No entanto, praticamente todos os veículos viram crescer suas taxas em agosto por conta, obviamente, do noticiário das Olimpíadas.

A única exceção foi a Época, que perdeu 21% na taxa média.

No ranking de fãs e seguidores, o R7 segue longe na frente no Facebook, com 12,3 milhões de fãs.

Veja é a primeira no Twitter com 7,2 milhões de seguidores.

E o R7 também é o primeiro no Instagram com 1,5 milhão de seguidores.

info-veiculos-agosto-2-vale-este

Gostou? Curte e compartilha 😉

A gente encontra o que você precisa.

Contrate já!