Botafogo segue na liderança; diferença entre Corinthians e Flamengo diminui

Apesar de ser o time com menos seguidores nas principais redes sociais, o Botafogo segue sendo o time de futebol brasileiro com a maior taxa de engajamento diária de seus torcedores nas métricas consolidadas de abril de 2017 medidas pelo Torabit.

Com um crescimento de 2% na taxa média do mês, que bateu 10,57% de taxa média de engajamento, o time carioca manteve sua diferença folgada para o segundo colocado, o conterrâneo Fluminense, com 6,17% na taxa. A rigor, não houve mudança de lugar no ranking. Todos os times mantiveram-se na mesma colocação: Atlético mineiro em terceiro com 6,02%, seguido de Flamengo, Vasco, Corinthians, Santos, Palmeiras, Internacional, Cruzeiro, São Paulo, Chape e Grêmio, na lanterninha.

Mas há uma movimentação importante em andamento. Refere-se à liderança nas redes, principalmente no Facebook, onde os times com as maiores torcidas buscam cada vez mais seguidores. A análise dos números mostra que o Flamengo continua firme no seu trabalho de fazer crescer mais rapidamente sua base no Facebook. O Corinthians é quem tem a maior base, 11,2 milhões. O Flamengo é o segundo com 11 milhões. No entanto, o Flamengo continua tirando a diferença paulatinamente e pode ultrapassar o Timão nos próximos meses caso o Corinthians não reaja no trabalho de mobilização de seus torcedores em rede.

A diferença entre eles era de mais de 239 mil fãs pró Corinthians em fevereiro. Caiu para 192 mil em março e agora, em abril, diminuiu para 188 mil fãs. Ou seja, está se estreitando a diferença.

No Twitter, o campeão segue sendo o Corinthians, com 5 milhões de seguidores.

No Instagram, o líder é o Flamengo com 1,8 milhão de seguidores.

Quando se olha especificamente para cada uma das rede, a situação da taxa de engajamento é a seguinte: o Botafogo é o líder no Facebook e no Instagram. A Chape é a líder no Twitter.

Gostou? Curte e compartilha 😉

Botafogo continua o líder na taxa de engajamento nas redes sociais

O Botafogo continua sendo o time de futebol com a maior taxa de engajamento diária de seus torcedores nas redes sociais na medição de março de 2017. Mesmo perdendo mais de 35% na taxa média, caiu de 16% em fevereiro para 10,4% em março, o time carioca manteve-se largamente na frente. O segundo colocado, o também carioca Fluminense, obteve apenas 6,8% de média. Em terceiro lugar, o Atlético Mineiro, fechou março com 4,58% de taxa média e apresentou a maior taxa de crescimento de fevereiro para março: 19,6%.

Há que se registrar que o Botafogo é o time que tem menos seguidores nas três redes pesquisadas pelo Torabit para compor este índice: Facebook (1,3 milhão), Twitter (942 mil) e Instagram (194 mil).

A lição para as páginas que têm muitos seguidores e taxa de engajamento baixa é a de redobrar o trabalho para manter o engajamento. Ele mede exatamente a capacidade dos times em atrair e manter seus seguidores sempre curtindo e compartilhando os seus conteúdos.

Em relação aos dados gerais, não houve movimentação significativa no mês. O Corinthians segue na frente na quantidade de seguidores no Facebook, com 11,184 milhões de fãs. O Flamengo, que é o time com maior quantidade de torcedores no Brasil, no entanto, é o segundo em quantidade de fãs no Facebook: 10,992 milhões – pertinho do Corinthians. Contudo, os resultados de março apontam a tendência do Flamengo passar o Corinthians no Facebook, em números absolutos, em pouco tempo. Enquanto o Flamengo conquistou mais de 74,7 mil fãs em março, o Corinthians conquistou apenas 27,4 mil.

No Twitter, a relação permanece um pouco mais folgada para o Corinthians, com 4,9 milhões de seguidores, contra o Flamengo, com 4,2 milhões.

No Instagram, o Flamengo está na frente com 1,829 milhão de seguidores contra 1,767 milhão do Corinthians.

 

Gostou? Curte e compartilha 😉

Botafogo é o líder na taxa de engajamento nas redes sociais entre as maiores torcidas

O time de futebol que tem mais torcedores em todo o Brasil é o Flamengo, mas aquele que tem a maior taxa de engajamento de seus torcedores, nas redes sociais, é o Botafogo – ambos do Rio de Janeiro.

São três as redes sociais medidas para este ranking: facebook, Twitter e Instagram.

O Torabit, capturou os movimentos dos torcedores nessas três redes durante todo o mês de fevereiro e calculou a taxa de engajamento dos 12 clubes que detêm a maior quantidade de torcedores, mais a Chapecoense, e produziu o primeiro ranking de engajamento nas redes referente às principais torcidas.

O engajamento mede exatamente o quanto cada torcida curte, comenta e compartilha noticias, fatos e opiniões publicados nas redes sociais em relação ao seu time.

Há dados interessantes que podem ser vistos nas tabelas aqui publicadas.

Segundo em quantidade de torcedores, o Corinthians é o primeiro em quantidade de fãs no Facebook: 11,1 milhões contra 10,9 milhões do Flamengo, então em segundo lugar.

No Twitter, a relação permanece a mesma, o Flamengo em segundo (4,1 milhões), quase chegando no Corinthians (4,8 milhões).

Já no Instagram, o Flamengo sai na frente com 1,770 milhão de seguidores contra 1,739 milhão do Corinthians.

Na taxa de engajamento, o Botafogo é líder nas três redes analisadas: 9,71% no Facebook; 1,23% no Twitter e impressionantes 37,07% no Instagram.

A Chapecoense, elevada ao ranking pelas peculiaridades do time pós acidente na Colômbia, ficou em 12o lugar com 1,39% de taxa de engajamento, à frente do Grêmio que somou 1,21% e está na lanterninha do ranking.

Gostou? Curte e compartilha 😉

Curitiba lidera presença nas redes sociais

info-cidade-maio

Entre as dez maiores cidades brasileiras, a prefeitura de Curitiba, é a mais popular nas mídias sociais.

O levantamento feito pela plataforma de monitoramento digital Torabit relativo ao mês de maio de 2016 demonstra que Curitiba é a cidade com maior quantidade de fãs tanto no Facebook quanto no Twitter em relação à população da cidade.

No Facebook, por exemplo, o desempenho da página da prefeitura de Curitiba está disparado na frente das outras cidades em relação à proporção entre população e fãs.

Os seguidores da página da prefeitura de Curitiba equivalem a mais de 44% da população – embora seja razoável entender que existem fãs que moram em outras cidades. Mas o fato é que, do ponto de vista da proporção em relação à população de cada cidade, Curitiba é seguida, de longe, por Recife e Manaus, ambas com 12% de seguidores em relação ao tamanho da população de cada cidade.

Além disso, na taxa média de engajamento, computadas as redes Facebook e Twitter, Curitiba também é a campeã com média de 1,52% no engajamento. Ela é seguida por Belo Horizonte, em segundo lugar com 1,38% e por Salvador, em terceiro, com 0,98%.

A taxa de engajamento mostra a relação da audiência conquistada em cada plataforma social versus o aproveitamento dela a partir dos posts da página, ou seja, o quanto os seguidores da página interagem com as postagens ofertadas.

No caso, engajamento da página e perfil de cada prefeitura no Facebook e no Twitter, respectivamente.

Para calcular a taxa de engajamento, o Torabit utiliza uma fórmula bastante simples. A equação é composta pela soma de ações que os internautas fazem em cada rede (curtem, comentam ou compartilham) multiplicada por cem e dividida pelo número de seguidores do veículo ao final de cada mês. O resultado, em percentual, é o índice de engajamento em cada rede.

Para compor o índice mensal, o Torabit calcula a taxa média, nada menos do que a soma das taxas obtidas por cada veículo dividida pela quantidade de redes – duas, neste caso.

O resultado, em percentual, permite comparar quais internautas de cada cidade são mais ou menos engajados em relação aos conteúdos ofertados nas páginas oficiais de cada prefeitura em cada uma das plataformas sociais analisadas.

Gostou? Curte e compartilha 😉

Belo Horizonte segue líder em engajamento no Facebook em abril

Dentre as dez cidades com maior população no Brasil, a capital mineira continua com o melhor aproveitamento do chamado engajamento no Facebook (curtidas, compartilhamentos e comentários). A taxa, que esse mês foi de 2,69%,  mostra a relação da audiência conquistada versus o aproveitamento dela diante os posts da página, ou seja, o quanto os seguidores da página interagem com as postagens ofertadas.

No quesito popularidade, medida pela quantidade de internautas que curtem as páginas das prefeitura, Curitiba, capital do Paraná, é a campeã disparada na frente, com quase 800 mil fãs em abril, três vezes mais do que o segundo lugar, que é de Manaus, capital do Amazonas, com mais de 242 mil fãs.

No quesito engajamento, com exceção da prefeitura do Rio de Janeiro, as outras nove cidades têm níveis elevados – todas acima de 0,42%. A relevância média de engajamento no Facebook é de 0,35%, para páginas entre 100 mil e 500 mil fãs.

Pela ordem, depois de Belo Horizonte, a sequência de engajamento é a seguinte: Porto Alegre (1,96%), Curitiba (1,55%), Salvador (1,51%), São Paulo (1,41%), Fortaleza (0,89%), Recife (0,51%), Manaus (0,51%), Brasília (0,42%) e Rio de Janeiro com 0,25%. O Rio estava inativo em março e retomou os trabalhos na sua página em abril.

Curitiba, oitava em população e que somou 799.960 fãs em março no Facebook, também cresceu em engajamento. Veio do quinto lugar em março para o  terceiro lugar em junho.

O índice de engajamento medido pelo Torabit soma todas as ações realizadas pelos internautas com o conteúdo das páginas oficiais das cidades (curtidas, comentários e compartilhamentos) multiplicadas por 100. O resultado é dividido pela quantidade de fãs alcançadas até o final do mês pela página e o percentual obtido forma o índice Torabit de engajamento.

As dez cidades foram definidas a partir dos dados divulgados pelo IBGE em 2015. O Torabit vem acompanhando diariamente a movimentação das páginas oficiais destas cidades desde o mês de março de 2016.

Com a aproximação das eleições municipais, o Torabit pretende medir o desempenho destas cidades nas redes sociais todos os meses até as eleições. Outras redes, como Twitter, YouTube ou Instagram serão adicionadas nos próximos meses.

A ideia é entender o quanto estas prefeituras usam seus canais oficiais para se relacionar e dialogar, ou seja, interagir com o seu público.

Os números de março e de abril – com exceção de Curitiba que tem o equivalente a 42% da população no Facebook (apesar de que em nenhuma das cidades os fãs são todos moradores, há fãs de fora, evidentemente, nesta conta) – mostram uma baixa adesão dos munícipes às páginas oficiais de ao menos sete entre as dez maiores cidades.

Além de Curitiba, disparada na frente, Recife e Manaus se destacam, a primeira com 12% da população e a segunda com 11,8%, como as três páginas mais populares de suas prefeituras entre as dez cidades mais populosas.

A que tem menos fãs, proporcionais à população, é São Paulo: apenas 2%. A página da prefeitura da capital paulista também foi a que mais perdeu pontos na taxa de engajamento entre março, quando estava com 2,63% e abril, com 1,41% – mostrando uma queda de 1,22 ponto percentual. A que mais cresceu foi Porto Alegre.

info-cidade-04052016-2 (1)

Gostou? Curte e compartilha 😉

Belo Horizonte lidera engajamento no Facebook em março

A capital mineira é a cidade cujo trabalho da prefeitura da plataforma Facebook consegue engajar a maior quantidade de pessoas.

O levantamento do Torabit sobre o desempenho das páginas oficiais das prefeituras das dez cidades mais populosas do Brasil, conforme o IBGE de 2015, mostra que Belo Horizonte conseguiu um índice bastante relevante: 2,9% no engajamento.

A relevância se dá porque a média de engajamento no Facebook é de 0,35%, para páginas entre 100 mil e 500 mil fãs, bem abaixo do índice conquistado pela capital mineira; sétima colocada na quantidade de fãs no Facebook (168.380 em março) e a sexta cidade brasileira em população (2,5 milhões).

Pela ordem, depois de Belo Horizonte, a sequência de engajamento é a seguinte: São Paulo (2,63%), Salvador (2,42%), Porto Alegre (1,68%), Curitiba (1,59%), Manaus (0,77%), Fortaleza (0,74%), Recife (0,45%), Brasília (0,38%) e Rio de Janeiro, com zero, porque parou de interagir no Facebook em fevereiro.

Em relação à quantidade de fãs, a campeã é Curitiba, oitava em população e que somou 789.931 fãs em março na principal rede social. Este recorde, no entanto, não lhe garantiu o maior engajamento no mês. Ficou em quinto lugar, com 1,59% de engajamento – também acima da média de mercado para páginas entre 500 mil e um milhão de fãs, que é de 0,29%.

Curitiba costuma ser saudada nas redes pelo trabalho da sua Prefeitura no ambiente digital – mas ainda insuficiente para lhe garantir o maior engajamento entre as dez maiores cidades.

O índice de engajamento medido pelo Torabit soma todas as ações realizadas pelos internautas com o conteúdo das páginas oficiais das cidades (curtidas, comentários e compartilhamentos) multiplicadas por 100. O resultado é dividido pela quantidade de fãs alcançadas até o final do mês pela página e o percentual obtido forma o índice Torabit de engajamento.

As dez cidades foram definidas a partir dos dados divulgados pelo IBGE em 2015. O Torabit acompanhou diariamente a movimentação das páginas oficiais destas cidades durante o mês de março.

Com a aproximação das eleições municipais, o Torabit pretende medir o desempenho destas cidades nas redes sociais todos os meses até as eleições. Outras redes, como Twitter, YouTube ou Instagram serão adicionadas nos próximos meses.

A ideia é entender o quanto estas prefeituras usam seus canais oficiais para se relacionar e dialogar, ou seja, interagir com o seu público.

Os números de março – com exceção de Curitiba que tem o equivalente a 42% da população no Facebook (note, no entanto, que em nenhuma delas os fãs são todos moradores, há fãs de fora da cidade, evidentemente, nesta conta) – mostram uma baixa adesão dos munícipes às páginas oficiais de ao menos sete entre as dez maiores cidades.

Além de Curitiba, disparada na frente, Manaus e Recife se destacam, ambas com mais de 11% de fãs em relação à população. As três têm as páginas mais populares de suas prefeituras entre as dez cidades mais populosas.

A que tem menos fãs, proporcionais à população, é São Paulo: apenas 1,9%.

O índice Torabit do mês abril, a ser divulgado em maio, deve incluir também as atividades das prefeituras no Twitter.

info-cidades

Gostou? Curte e compartilha 😉

A gente encontra o que você precisa.

Contrate já!